O QUE É MARKETING MULTI-NÍVEL?

002

Nesta era de mudanças radicais, negócios instáveis e um alto índice de desemprego, há um empreendimento que está crescendo a uma velocidade avassaladora:

O MARKETING MULTINÍVEL

Uma oportunidade de negócios voltada para aqueles que estão em busca de INOVAÇÃO na forma de fazer negócios e desejam ter a real possibilidade de realização pessoal.

Costuma-se dizer que o século 21 é a “Era do Conhecimento”. Dominar informações importantes, saber aplicar da maneira correta e transmitir com total segurança este CONHECIMENTO é o que vai decidir seu destino.

Essencialmente marketing multinível ou marketing de rede, como chamam alguns, é uma forma de negócio que visa eliminar os intermediários e fazer com que os produtos e serviços cheguem diretamente aos consumidores, sem os custos das gigantescas campanhas publicitárias, por meio de uma estrutura disposta em níveis de consumidores independentes.

Como o próprio nome diz, o negócio consiste de formar uma rede de consumidores fidelizados, que patrocinam outros consumidores e com isso obtêm comissões percentuais sobre o capital movimentado pela rede.

Engana-se quem imagina que é fácil. É preciso um trabalho árduo, muita dedicação e esforço persistente para construir uma grande organização; no entanto você começa a desfrutar de algumas vantagens, mesmo inicialmente, não importa quão pequena ou pouco lucrativa ainda ela seja no início, pois já dá possibilidades de resultados positivos através de uma ação mínima.

Atualmente o marketing de rede movimenta mais de 200 bilhões de dólares e possui mais de 35 milhões de pessoas envolvidas, ao redor do mundo, crescendo a uma taxa de 11% ao ano.

É cada vez maior a aceitação desta estratégia de vendas diretas. Empresas tradicionais como o Citi Bank, MCI, Sara Lee, Gillete, Colgate Palmolive, Amex, e centenas de outras empresas, estão empregando este sistema para alavancar as vendas de produtos e serviços.

 

Como surgiu o marketing multinível?

No plano original das vendas diretas, as empresas recrutavam uma série de revendedores autônomos e lhes remuneravam através de comissões sobre as suas vendas individuais. Conhecido como single-level (uni-nível), este modelo limitava a atuação de muitos distribuidores a um trabalho inseguro e dependente demasiadamente da habilidade individual de vendas.

Percebendo estas limitações, um americano chamado Carl Rhenborg decidiu criar um sistema de bonificação diferente, onde o revendedor passaria a ganhar um rendimento adicional sobre todas as vendas efetuadas pelos distribuidores que ele trouxesse para a companhia.

Isto aconteceu na década de quarenta, dando origem a um segundo modelo de remuneração em vendas diretas muito mais poderoso: o multilevel (multinível).

O MultiLevel Marketing (MLM) ou marketing multinível (MMN) passou por várias evoluções desde então, com aperfeiçoamentos nos sistemas e empresas profissionais trazendo novos conceitos ao mercado.

O Marketing Multinível ou Marketing de Rede cresceu principalmente a partir do início dos anos 90 porque apresenta soluções simples para as empresas que procuram oferecer inovação, qualidade e preços nos produtos, excelência nos serviços operacionais e atendimento personalizado aos clientes, ao mesmo que oferece às pessoas uma oportunidade de melhorar o estilo de vida delas com soluções que estão perfeitamente enquadradas dentro deste novo paradigma de mundo globalizado e empresas individuais.

Hoje, com um pequeno arquivo pessoal, uma linha telefônica e um computador ligado à internet é possível construir e gerenciar um negócio de milhões de reais.

Para os que nele trabalham, o marketing multinível é acima de tudo uma oportunidade de ganhar dinheiro suplementar à renda familiar e realizar sonhos pessoais. Por isso atrai tantas pessoas, dotadas de iniciativa própria e dispostas a trabalhar em suas horas vagas para alcançar os seus objetivos.

Categories: Notícias